domingo, 16 de setembro de 2007

Recursos - Português II

Colaboração da aluna Ros:

O enunciado da pergunta consta que:
“23. Assinale a alternativa correta quanto à concordância.
A. Cerca de 3% da população mundial sofre com o problema da fome, segundo dados da ONU.
B. Calculam-se que 14 milhões de pessoas no Brasil sofram com a fome, apesar da baixa na população por ela atingida.
C. Não se mantém os índices de desenvolvimento de um país se nele ainda persiste a fome.
D. O relatório da ONU e a quantidade de famintos no Brasil mostra um quadro de desolação.
E. Houve baixa no número de famintos, mas com o aumento natural da população vê-se que ainda existe muitos deles.”
A resposta que foi dada como correta pelo gabarito oficial publicado no dia 12 de setembro de 2.007 é a alternativa A.
Segundo o conceituado gramático Domingos Paschoal Cegalla em sua obra “Novíssima Gramática da Língua Portuguesa”, 37ª edição, Editora Nacional, página 417 item 33 – Concordância com percentuais. O verbo deve concordar com o número expresso na porcentagem. Cita como exemplo, uma construção semelhante à da prova:
“ Cerca de 40% do território ficam abaixo de 200 metros.” (Antônio Houaiss)
Logo, a concordância na alternativa A seria “Cerca de 3% da população mundial sofrem ( e não sofre) com o problema da fome, segundo dados da ONU.”
Com relação a expressão “CERCA DE...”, ensina o gramático Hélio Eymard de Lima Barbosa Mello, em sua obra “Colocando o Português em Dia”, 2ª edição, Editora Autêntica, página 20, o seguinte:
As expressões que denotam quantidade aproximada levam obrigatoriamente o verbo ao plural.
Cita como exemplo: “ Cerca de vinte alunos não compareceram às aulas hoje.”
Também o gramático Celso Cunha em sua obra “Gramática do Português Contemporâneo”, 6ª edição, Editora Bernardo Álvares S/A, página 341, ensina o seguinte:
Quando o sujeito, indicador de quantidade aproximada, é formado de um número plural precedido das expressões cerca de, mais de, menos de e similares, o verbo vai normalmente para o plural:
Cita como exemplo: Mais de duzentos títulos foram apreendidos depois da minha denúncia. (Mário Palmério)

6 comentários:

Anônimo disse...

NOSSA LÍNGUA PORTUGUESA:
"40% dos eleitores preferiram ou preferiu?"
A concordância verbal que envolve porcentagem deixa muitas pessoas em dúvida. Para ilustrar isso, o "Nossa Língua Portuguesa" foi às ruas e formulou algumas perguntas ao público.

"40% dos eleitores preferiram" ou "40% dos eleitores preferiu"?

A expressão que determina o percentual está no plural ( "eleitores" ) e então não há outra opção. O determinante também pode estar no singular, como na questão seguinte proposta aos telespectadores:


"40% do eleitorado preferiu" ou "40% do eleitorado preferiram"?

O termo que se segue ao percentual é SINGULAR; logo o verbo também permanece no SINGULAR. A forma correta é "40% do eleitorado preferiu". Mas e se não houver determinante acompanhando a porcentagem?


"40% preferiu" ou "40% preferiram"?

Como não há nada após a expressão percentual, vale o número 40, que é plural. Se fosse um número inferior a 2, então o verbo ficaria no singular.

40% preferiram
1% preferiu
1,8% preferiu

M.M.

Anônimo disse...

Cerca de vinte alunoS ----plural

Cerca de 3% dA populaçãO ---singular

É óbvio que vinte alunos concorda com verbo no plural.

Porém, população está no singular.
A QUESTÃO NÃO CABE RECURSO ALGUM.

M.M.

Anônimo disse...

Segundo o Gramático Luiz Antonio Sacconi em sua obra Nossa Gramática - Teoria e Prática - Atual Editora - 24ª edição, pág. 370:


item XIII - O verbo concorda com o numeral que acompanha expressões tais como MAIS DE, MENOS DE, CERCA DE, PERTO DE, etc. ex.:

Cerca de 100 passageiros morreram no acidente.

Observação:

2) Quando a tais expressões ( mais de, menos de, CERCA DE, perto de, etc.)

se segue um número percentual, a concordância com este é OBRIGATÓRIA. ex.:

Menos de 80% da produção FORAM perdidos.

Star disse...

Tb acho que não cabe recurso... veja na gramática a questão não é concordar com o percentual... o X da questão ai.. é concordar com a POPULAÇÃO...que é coletivo... Veja na gramática... todo coletivo o verbo fica no SINGULAR.

Fernando Augusto disse...

A regra geral da concordância diz que o verbo deve concordar com o seu sujeito. Qual o sujeito? Esta é a questão.

Ademar Oliveira de Lima disse...

Estive por aqui me informando nos seus escritos!! Abraços Ademar!