domingo, 9 de dezembro de 2007

Tribuna de Petrópolis

Hoje - cedo - quando abri o jornal "Tribunal de Petrópolis" fiquei surpreso com a notícia: "Anulado o Concurso da Polícia Rodoviária Federal".

Surpreso e triste com meus alunos que saíram de São Paulo uns na quinta, outros na sexta e outros ainda no sábado para realização desta prova, o que implica em despesas de transporte (ônibus/avião), mais hotel, alimentação etc. Sem falar no tempo que leva esse tipo de deslocamento.

Nessas horas, sempre lembramos de máximas:

"Amigos: vocês ganharam mais tempo para estudar!"

Isso - verdadeiramente - deve ser comemorado, especialmente porque também foi anunciado que este será o último concurso de nível médio da Polícia Rodoviária Federal.

Portanto, não percam mais tempo e concentrem todas as energias que lhes restam neste fim de ano para os estudos. Tudo vale a pena e tudo tem um lado bom.

Imaginem se a prova fosse realizada e que o motivo disso tudo - a suspeita de fraude - se confirmasse e o concurso fosse concluído e ninguém ficasse sabendo?

Há rumores de que a prova estava a venda por R$ 40.000,00.

Bem - melhor do que ficar pensando nestas possibilidades - é estudar; estudar é a única coisa que só depende de nós e a única que nos pode dar o que exatamente procuramos.

Amanhã é outro dia. Boa volta para a casa. Boa viagem.

Abaixo a manifestação oficial da Organizadora do Concurso:

COMUNICADO: Comunicamos que a aplicação das provas objetivas e de redação do Concurso Público para provimento de vagas de Policial Rodoviário Federal, regido pelo Edital n.º 1/2007 - PRF, de 05 de outubro de 2007, marcada para o dia 09 de dezembro de 2007, está cancelada.

Os candidatos serão, oportunamente, informados de novas datas através de publicação específica no Diário Oficial da União e do endereço eletrônico www.nce.ufrj.br/concursos.

6 comentários:

Anônimo disse...

Pois é, eu fiquei sabendo sexta à noite... péssimo mesmo.
Também tive despesa enorme com passagem e hospedagem pra ir até sp fazer o concurso de escrevente e fiquei super com medo de ocorrer algo por conta do que houve em Tupã. Em Guaratinguetá foi tudo nos conformes.
Enfim, a gente que estuda pra caramba é sempre o prejudicado com essas fraudes... :(

Su disse...

A prova da OAB tbm foi cancelada ontem!
lamentável...

Anônimo disse...

O Exame da OAB seria feito pela Vunesp!!!
Houve suspeita de fraude.
É pra deixar a gente com pulga atrás da orelha!

Anônimo disse...

Prof.,kd o ranking??????????Qual página que tá?
F.E.TJ

Anônimo disse...

Professor,
Por conta disso, o concurso para o Tribunal de justiça do Estado do Rio de Janeiro, cujas provas seriam aplicadas no próximo domingo, dia 16, foram canceladas. Recebi a noticia de uma amiga e acabei de ler no portal G1 do Glogo. O Presidente do Tribunal de Justiça cancelou as provas para Técnico e Analista porque não há garantia de que não houve vazamento do gabarito, visto que as provas estavam guardadas no mesmo cofre (as do TJ junto com as da PRF).
Péssimo! É mais uma decepção! Isso faz a gente desconfiar de outros concursos.
Um grande abraço,
Teresa Peixoto

Anônimo disse...

Como se não bastasse a suspensão desse concurso, veio mais uma bomba, o concurso para a Corregedoria do RJ também acaba de ser suspenso devido ao fato de ter a mesma organizadora que a do TRF (NCE - UFRJ). Portanto as provas para os cargos de técnico judiciário e analista judiciário estão suspensas, inclusive com a possibilidade de trocar a Banca.
Além de toda a luta que o concurseiro vive ainda tem mais essa, o sentimento de falta de lisura no concurso e alterações de datas de prova etc...êita Brasilzão, será que um dia isso vai acabar??? Esse país precisa urgentemente de pessoas honestas.