sábado, 5 de janeiro de 2008

"Concursos Suspensos Preocupam"

A notícia divulgada ontem (4/1), inclusive pelo Jornal Nacional, deve ser lida, como o próprio texto sugere, com reservas. Certo trecho da matéria diz o seguinte:

"O Ministério do Planejamento suspendeu os concursos públicos do Executivo que ainda não foram autorizados. Das mais de 56 mil vagas previstas para serem abertas este ano, apenas 11,6 mil estão garantidas."

(...)

"Apesar dos cortes, o orçamento deste ano prevê a substituição de mais de 11 mil funcionários terceirizados por concursados. Vagas que o governo ainda poderá abrir."

Fonte: Jornal Nacional, clique aqui para ler
na íntegra.

Observações:

1) estão suspensos os concursos públicos não autorizados do Poder Executivo Federal. A rigor, tal suspensão...

- não se aplica aos concursos do Executivo Federal já autorizados;

- não se aplica aos concursos dos Poderes Legislativo e Judiciário Federais, como os das Câmara dos Deputados, Senado Federal, Tribunais (Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça, Tribunal Superior do Trabalho, Superior Tribunal Militar, Tribunais Regionais Federais, do Trabalho e Eleitorais) e Conselho Nacional de Justiça.

- não se aplica aos concursos dos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo dos Estados, como os das Assembléias Legislativas, Tribunais de Justiça Estaduais, Governos Estaduais e demais órgãos de âmbito estadual.

- não se aplica aos concursos dos Poderes Legislativo e Executivo Municipais: Câmara de Vereadores, Prefeituras e demais órgãos de âmbito municipal.

2) além disso, no próprio Governo - Executivo Federal - estão previstas e mantidas aproximadamente 11 mil vagas, em razão do compromisso assumido com o Ministério Público Federal para a substituição dos funcionários terceirizados.

A manutenção dos concursos destinados à substituição de funcionários não concursados (terceirizados) foi confirmada por Paulo Bernardo (Ministro do Planejamento) na Folha De São Paulo de 3.1.2008, pág. B1.

É isso aí. Participe, deixando sua opinião na opção comentários, abaixo. Voltaremos ao assunto.

Fale comigo MSN: info@professordouglas.com

Peça gratuitamente seu Programa de Estudos para o INSS e Oficial de Justiça (todos os pedidos feitos até agora já foram respondidos; caso não tenha recebido o seu, solicite-o novamente).

Não copiar ou colar em outros Sites (Orkut, PCI, etc),
sem a expressa autorização do autor.
Apenas o link. Obrigado.

8 comentários:

alexandre disse...

...pelo jeito, policia federal já era em 2008...

Prof. Douglas disse...

Caro Alexandre,

Segurança pública é Segurança Pública. Questão prioritária e urgente.

Se estão confirmadas 11 mil vagas, acredito eu, salvo melhor juízo, que áreas prioritárias podem ter seus concursos autorizados, como é o caso da Polícia Federal.

O Ministro do Planejamento Paulo Bernardo usou a expressão "por enquanto" (Folha de São Paulo, 3.1.2008, pág. B1)

Anônimo disse...

Professor e qto ao TRT o que o Sr. acha vai ter concurso em 2008??

Prof. Douglas disse...

Teoricamente, como explicitado no artigo, não impede a realização de concursos no âmbito dos TRTs.

A propósito, desde o ano passado há rumores da sua abertura no primeiro semestre de 2008.

Como dito, nada há a impedir.

Estudar... estudar... e estudar... sempre, até ser nomeado!

Priscila disse...

Prof. Douglas, gostaria de agradecer, recebi seu e-mail com o roteiro de estudos para oficial de justiça e me senti mais motivada, já inclusive preenchi meu programa de estudos. Eu gostaria de saber se você acha que cairá na prova questões de informática, pois é uma matéria que tenho muita dificuldade. Abraços.

Anônimo disse...

Douglas, essa notícia foi um soco no estômago dos concurseiros!
Sua postagem foi um alívio para nossos corações sofredores!
Obrigada!

Anônimo disse...

ola douglas, poderia nos falar sobre a lei 500? esta lei esta trazendo muita preocupação para nós concurseiros que passamos no tj pois já tem vários casos de pessoas sendo ADMITIDAS e não nomeadas e existe muita dúvida sobre as diferenças das duas e como o edital não fala nada sobre ser ADMITIDO cabe algum remedio para que possamos ser nomeados e ão admitidos? grato.

Rodrigo Branco.

Anônimo disse...

Pois é, essa notícia a verdade saiu no dia 3...eu até escrevi um comentário num dos antigos posts, mas não saiu.... Estava esperando mesmo a resposta...
Que droga heim...
Mesmo assim, eu espero que quem raciocina mto bem não queira a CPMF de volta.