quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Testemunho de uma nova Escrevente

Venho de todo o coração deixar aqui meu testemunho. Ficaria horas escrevendo sobre esse assunto porque a felicidade e a satisfação em ver seu nome publicado no diário oficial é indescritível, mas tentarei ser a mais objetiva possível. Vamos lá!

Comecei a estudar para concursos públicos, na área judiciária, em outubro de 2006. Era a primeira vez na minha vida que peguei um texto de lei. Passava, em média, 6 a 8 horas por dia estudando, sem exceção. Na época larguei um estágio para poder freqüentar o cursinho, já que fazia faculdade a noite. A minha primeira prova foi do MP em novembro do mesmo ano. O resultado? Não atingi a nota de corte por 0,5 pontos. Uma semana depois fiz o TJ SANTOS, mas como não tinha visto as matérias especificas fiquei 05 pontos abaixo do corte.

Voltei ao cursinho praticamente em março de 2007. Aí que a história começa. Entrei no judiciário básico e mais ou menos um mês depois saiu o edital do TJ SP. Na hora mudei o curso e comecei a engolir matéria. Também foi ano de TCC na faculdade. Tinha gente que achava que eu ia enlouquecer, outros achavam que esse negócio de concurso público é tudo carta marcada e outros ainda diziam que eu estava jogando dinheiro fora e que precisava arrumar um emprego para me manter. Mas o que realmente teve valor nisso tudo foram aqueles poucos que me incentivaram ficando ao meu lado até o fim.

A prova do TJ SP aconteceu em junho de 2007. Eu estava abatida e um pouco “neurótica”; tinha aberto mão de qualquer convívio social (família, amigos, namorado...). Porém, o resultado foi de causar uma felicidade ímpar. A partir dai era só esperar pela segunda fase.

Continuei os estudos, dessa vez para o TRF, mas logo soube que a prova seria junto com a digitação do TJ SP, então larguei o curso e me concentrei na segunda fase que ocorreria em agosto. Assim que soube do resultado positivo sabia que era só questão de esperar pelo resultado, pela classificação, pela homologação, etc., etc., etc.... só não poderia prever quanto tempo isso tudo levaria para acontecer.

Continuei revisando a matéria para a prova do mesmo TJ em SJCampos. O resultado também foi positivo e aguardo agora uma posição quanto à classificação oficial do mesmo.

Eu hoje? Extremamente realizada e feliz. Fui chamada na primeira leva do TJ SP em novembro passado. Estava sem rumo por ter acabado a faculdade e sem emprego. Só Deus sabe que essa era mesmo a minha hora. Estou morando em São Paulo, trabalhando no Fórum Central e como é grande aquele lugar. Só de elevadores são uns 16. Meus colegas de trabalho são maravilhosos, fui muito bem recebida e tenho, desde então, conhecido muita gente e aprendido muito a cada dia que passa colecionando alegrias sem tamanho. Coisa para fazer não falta, precisa ter muita colaboração entre os funcionários pra coisa andar direito, afinal são mais de 100 mil processos só no meu cartório. Ah, tenho que bater ponto naquele relógio antigo ainda, e no cartório são usadas algumas máquinas de escrever, rsrs...

E depois desse resumão, quero que aqueles que estiverem lendo saibam que eu estou aqui contando um pouco da minha história, para que vocês saibam que o resultado dos nossos esforços são sempre recompensados. E não existe segredo ou fórmula mágica, quem quer ser aprovado em concurso público tem que estudar. E colocar o estudo, na medida do possível, na frente de todas as outras coisas. Alguns conseguem mais rápido, outros nem tanto. A verdade é que cada um tem o seu tempo e não importa se ele é mais curto ou mais longo, quem realmente deseja receber a cartinha de convocação em casa não tem tempo pra desculpas ou justificativas.

O que eu aprendi durante alguns meses de estudos é que só você sabe de verdade quais são as suas dificuldades e limitações. Mas pra quem quer alguma coisa não existem barreiras maiores do que o seu objetivo final. O inquestionável é amar os estudos e acreditar. Quem não acredita em si mesmo não chega a lugar algum, assim como quem não ama aquilo o que faz não vê o resultado. O pensamento positivo move montanhas assim como a fé. Deus foi essencial pra mim em mais essa jornada, nos meus momentos de angústia e cansaço. E se você tiver fé, seja ela qual for, agarre-se nela e confie que o que é seu está guardado. Faça com o coração, seja por um tempo surdo aos comentários daqueles que não te acrescentam nada. Muitas outras pessoas, ao contrário, aparecem como anjos durante a caminhada. Eu, particularmente, agradeço imensamente às amizades conquistadas nesse tempo, aos meus professores, como mestres e como pessoas, e àqueles que, fazendo parte da minha vida, acreditaram no meu potencial.

Aos que continuam lutando, NÃO DESISTAM, o plano de vida para aqueles que lutam é muito maior do que para aqueles que esperam. Esse sonho é só seu, e ninguém mais pode realizá-lo por você. Portanto, mire o seu objetivo e tenha coragem, o resultado chegará na hora certa.

Bons estudos !!!!!!!!!!

Bruna Azevedo.

11 comentários:

Camisa 9 disse...

Parabens Bruna!!!!
E que bom que você está se dando bem no seu novo emprego. :D
Porque seria ruim se você passasse e não se adaptasse não é mesmo. :D

Eu espero a minha convocação em Sanja, mas eu acho que vai demorar, mas eu tenho esperanças e ainda irei continuar a estudar. Começarei outro curso na Unicursos em Abril. Passa lá em algum dia da sua folga para nos contagiar com a sua vitória.

Abraços e bom serviço hj e SEMPRE.

Éric

Anônimo disse...

Bruninha, minha amiga querida, estou muito feliz por você, de coração !!!
Desde que te conheci, percebi a mulher batalhadora que você é, e sabia que chegaria longe, e logo. Lembra quando eu te disse que você subiria os degraus rapidamente? Pois então, aí está você...
Parabéns, linda, agora é hora de colher os frutos!
Grande beijo,
Simone

Anônimo disse...

bruna...parabens...será que poderia contar como são os primeiros dias no tj? to muito ansioso....não tenho ideia de como irá ser..valeu

rodrigo

Anônimo disse...

Amiga!
Vc merece cada minuto dessa sua felicidade. Sou testemunha que vc lutou muito por isso.
Passamos muitos perrengues juntas, e, hoje, posso dizer que valeu muita a pena ter te conhecido, viu?
Vc é uma menina muito determinada e especial.
Torço muito por vc! Saudades e um grande beijo!
Denise

Suely disse...

Parabéns, Bruna! (já posso chamar de colega de trabalho?)
Aquela máxima é realmente verdadeira: quem se esforça, sempre alcança; e tudo tem o seu tempo!
Tudo de bom para vc, lá no TJ!!!

Bruna disse...

Só arrumando um numero... são 10 mil e não 100, foi um zero a mais...rs!

Ahhh e obrigada amigas queridas, sabe o qto vc foram e são especiais pra mim!

Anônimo disse...

Bruna,
.
Fiquei muito emocionada com o seu testemunho!!Parabéns querida!!
.
Vc realmente esta colhendo as flores que vc plantou!!!

Anônimo disse...

tem alguma previsão pra sair o resultado do concurso de escrevente de guaratinguetá?? Aconteceu algum probelma com o concurso??? Estou muito ansiosa e preocupada. E parabens bruna!!

rodrigo disse...

Parabéns Bruna!
Não te conheço, mas li seu depoimento e desejo a você muitos sucessos!!!

Rodrigo
Aluno Unicursos Oficial de Justiça
Período Noturno

rodrigo disse...

Grande Prof. Douglas!
Ontem a aula foi polêmica, hein?
Hahaha...mas foi legal!
Gostei muito do comentário da Bruna, moça vitoriosa e determinada!
Na vida é assim, tem que se dedicar e ter objetivos para alcançar o sucesso esperado!
Abs

Rodrigo
Aluno Oficial de Justiça - Noite

Helen disse...

oi...