segunda-feira, 31 de março de 2008

Participação Especial

O blog não pertence ao seu autor.

É de todos os concurseiros, alunos, amigos e demais pessoas que encontram nele conforto, carinho e atenção.

Foi por intermédio dele, por sinal, que conheci Charles: concurseiro, estudioso, batalhador e que se destaca por uma razão muito especial. Desde já, nesta difícil fase de estudos e concursos, destina parte de seu tempo para divulgar o resultado de suas experiências nesta seara. Sempre digo que não se pode olvidar: "quem faz o bem, recebe o bem", não é mesmo?

Com precisão e sinceridade ímpares, relata em seus artigos os acertos e os erros identificados a partir de sua experiência, seu olhar clínico e inteligente.

Daí surgem as obtemperações materializadas diariamente em seu blog.

É uma honra para mim e uma sorte para o leitor contar com o brilhante artigo que segue, da lavra do caríssimo Charles.

Aproveito o ensejo para encaminhar meus votos de elevada estima e distinta consideração, bem como expressar a certeza de que em breve serás nomeado para o cargo que desejas.

Sinceramente,

Douglas.

3 comentários:

Alexandre disse...

Estou de pleno acordo, Douglas. O Charles tem demonstrado muita competência em suas explanações e experiências vividas, sem contar que a maneira como posta as informações no blog são típicas de livro pronto. Muito interessantes. Se ele as publicasse, com certeza já teria pronta uma grande obra que, sem dúvida nenhuma, renderia muitas tiragens.

Abraço,
Alexandre Mantovani.

Mateus disse...

Brother Douglas!
Muito legal você transcrever o "depoimento dos aprovados"! Eu que também já fui escrevente, sempre me emociono ao ler o relato de tanto esforço recompensado. Parabéns pela grande dedicação e ajuda que você proporciona aos concurseiros!
Forte abraço.
Mateus

Camisa 9 disse...

O Charles escreve bem demais. O português dele é excelente e suas idéias e como ele conta suas experiências são de deixar qualquer preso, atento e concentrado em ler, reler, aprender e até a ensinar. São muito incentivadores e explicadores os textos dele.
De fato, como disse o Alexandre, dá até pra pensar em fazer um livro depois né Charles? rsrs

Abraços,
Éu