sexta-feira, 19 de setembro de 2008

CONCURSANDA APROVADA - Manhas de Memorização

Todos nós sabemos a quantidade gigantesca de matéria que é necessário dominar para obter a aprovação em um concurso público. Por conta disso, utilizamos vários artifícios, como resumos, mapas mentais e vade mecum para nos auxiliar nesse processo.

Muitos professores ajudam os alunos usando os mais diversos e interessantes métodos de memorização. Por meio de brincadeiras, exemplos muitas vezes absurdos e vários mnemônicos, eles nos fazem gravar a matéria de uma forma muito engraçada, e que não esquecemos nunca mais...rs.

Porém, algumas vezes, são mal interpretados na sala de aula. Há alunos que não compreendem a real intenção dos professores quando contam uma piada ou fazem alguma brincadeira durante a explicação de um determinado assunto ou artigo. Pensam que eles perderam o foco, estão desperdiçando tempo ou desmerecendo a turma. Não podemos nos esquecer de que o stress e o mal-humor são os piores inimigos dos concursandos, e que as pessoas que vivem na defensiva dificilmente alcançam seus objetivos, pois, desconfiando de tudo e todos, nunca aprendem nada de valor.

Então, por que não confiamos em nossos mestres, e seguimos as dicas que eles nos ensinam? Podemos criar nossas próprias manhas de memorização também. Vale inventar músicas, frases, mnemônicos, o que quiser para ajudar no processo de memorização, sem esquecer de dividir com os amigos, é claro.

Faço curso preparatório faz tempo, e posso afirmar com certeza que os assuntos que mais domino hoje são aqueles que me ensinaram a gostar, por meio desses métodos que parecem tão simples, mas exigem do professor muito profissionalismo e competência. Nós, concursandos, já vivemos sob tensão demais, então, acredito que o melhor a fazer é sempre tentar enxergar o lado bom das coisas, e estar pronto para aprender com elas.

Muito obrigada a todos pelo carinho!

Simone Hartmann

15 comentários:

Anônimo disse...

Aula sem piada é aula NÃO dada.

Anônimo disse...

Eu já bolei um monte de mnemonico...É muito mais fácil assim.A Simone tem toda razão!

Anônimo disse...

SIMONE,ESSES ALUNOS IMPLICANTES E MAL-HUMORADOS NUNCA PASSAM EM CONCURSO,JÁ REPAROU?A GENTE TEM QUE SER FELIZ!E TODO MUNDO CONCORDA QUE AS AULAS DO DOUGLAS SÃO O MÁXIMO,NÃO É? OUTRO MUITO BOM ARTIGO!
PAULO

Anônimo disse...

Simone,você disse grandes verdades.Em toda turma tem 2 ou 3 que reclama do professor...É assim mesmo,esse povo é triste...(risos).
Os melhores professores são os que mais brincam mesmo,e tb vou defendê-los.Vou tentar tb inventar umas coisas legais.Boa idéia a sua.Você já inventou alguma manha pra decorar?
Muito legal.
Ro

Anônimo disse...

Simone,temos que valorizar pessoas que nos ajudam.Vc tá certissima.E não se esqueça que não é só os professores que nos ajudam,vc também tem ajudado muito,viu!
Abraço,
Andréa

prof.fábio disse...

Como professor, concordo inteiramene com suas palavras, Simone. O mau humor e a tensão só prejudicam o estudo. Um abraço.
Professor Fábio Vieira

Anônimo disse...

Concordo que em tudo tem que haver um pouco de humor. O professor tem que ser bem humorado sim, mas deve tomar cuidado como os exessos. Há mnemônicos que ajudam muito, e outros que atrapalhavam.

Anônimo disse...

Professor Douglas e Simone,bota aí os mnemônicos que vocês sabem!Ajuda a gente,por favor!rsrsrsresrsrs

Anônimo disse...

é isso aí Simone, eu tb acho que bom humor faz parte da vida de quaquer concurseiro. Ficar reclamando de tudo gasta muita energia e deixa a pessoa com a marca de ser "o chato", não é mesmo ??!!
Adorei o artigo,
Alê :)

Anônimo disse...

Simone,eu sei q vc admira muito o Douglas,mas tenho q te dizer q ele exagera nas brincadeiras e "se acha" demais!!!
Desculpe,mas é minha opinião.
A.

Anônimo disse...

Gostei. É isso aí. Gostei de ver o Prof. Fabio dando o seu comentário! É isso aeeeeee !

Macaco doido disse...

Engraçado! O pessoal que elogia o artigo ou a Simone ou o Prof. Douglas quase sempre se identificam, porém os que criticam não colocam nem seus primeiros nomes... estão com medo de se identificar??? Que isso pessol, fiquem a vontade, vivemos em uma democracia, não?? Nunca fiz aula com o Prof. Douglas mas já assisti uma palestra informativa dele em Guaratinguetá. Ele se acha? Pode ser! Mas é só olhar no currículo dele e no números de alunos aprovados com uma bela parcela de contribuição desse professor. Mesmo sem o conhecer eu aprendi muito com o blog e com os questionários, dicas, macetes que ele sempre passou. Não conheço Simone, Prof. Douglas nem ninguém aqui mas vejo sempre os "azedos" dando palpite errado aqui como os do(a) nosso(a) amigo(a) "A." (nem o sexo disso dá pra definir). Cômico!

Anônimo disse...

Vc tá famosa,Simone.que honra ter o prof. Fábio escrevendo sobre seu artigo !!!!
Dri

Anônimo disse...

E ai,muitas saudades da queridinha???
Saco!!!!

Anônimo disse...

Oi, Simone, td. bem! Concordo com vc,eu tive a oportunidade de assistir a uma dessas aulas e achei o máximo. E as dicas do Douglas são bárbaras, eu mesma já apliquei um dos métodos dele. Ainda não consegui, mas continuo tentando, pois eu sou brasileira e brasileiro não desiste nunca...

Rose