quinta-feira, 4 de setembro de 2008

COLUNA DO CONCURSEIRO SOLITÁRIO - Fidelidade concursídica


Certo, você decidiu prestar o concurso do TRT-SP, já fez sua inscrição, comprou um bom material, bolou uma estratégia que foi devidamente transposta para um planejamento de estudo, já começou a estudar. Ótimo, nada parece estar no seu caminho para dar o melhor de si na luta por um dos cargos oferecidos nesse certame.

“Senado Federal divulga concurso que oferece 250 vagas”.

“Ministério da Saúde lança edital para 600 vagas”.

“Cespe realizará mega-híper-concurso para diversos ministérios oferecendo 10 mil vagas num único concurso público”.

Como notícias como essas o atingem? Que efeito elas têm sobre você? Note que isso é muito importante, mesmo porque novos concursos são anunciados praticamente todos os dias, cada um parecendo melhor e mais atraente que o outro, e da mesma forma que “não é possível servir a dois senhores”, também não será possível ter chances reais de sucesso em um concurso tão concorrido como será o TRT-SP se você resolver dividir seu tempo de estudo e esforços com outros concursos.

Já disse em um artigo anterior para vocês não se enganarem achando que o concurso do TRT-SP será tranqüilo ou apenas concorrido. Ouço falar desse concurso desde o final do ano passado. Sei de gente que vem se preparando para esse concurso mesmo antes do edital ser publicado. Gente que vem prestando concursos para TRTs pelo Brasil afora não perderão a chance de concorrer a uma das centenas de vagas oferecidas nesse concurso em especial. Então esse concurso está mais para uma carnificina, uma daquelas guerras de deixar filmes do Rambo no chinelo, do que para um concurso comum, do tipo difícil, porém tranqüilo, disputado, mas não muito.

Meu conselho é para que se você decidiu prestar o concurso do TRT-SP e esta empenhado seriamente em se preparar para ele como se deve, então, simplesmente, não tenha olhos para outros concurso até o dia da prova e não dê ouvidos para conselhos furados do tipo “você pode dar conta dos dois” ou “você conseguirá estudar para dois, você é inteligente” Gente, simplesmente não dá para cogitar dividir seu tempo e esforço para se preparar para esse concurso e qualquer outro.

Façamos uma comparação. Imagine que você terá apenas uma chance de arremessar um dardo em um alvo a cinco metros de distância valendo um prêmio de um milhão de dólares. Você tem até meados de novembro para treinar, se preparar para encarar o desafio. É a oportunidade de uma vida e ela é sua. Só que então começam a aparecer novas propostas. Uma para você bater um pênalti contra um grande goleiro e se fiz gol, também ganha um milhão de dólares. Outra para tentar acertar quantas bolinhas de ping pong estão dentro de uma piscina, também valendo um milhão de dólares. É claro que se você resolver treinar para vários desses desafios, irá diminuir suas chances de sucesso em cada um deles, drasticamente.

Resumo da ópera – O concurso do TRT-SP é um dos melhores concursos de 2008, não há dúvidas, mas também será um dos mais competidos, disso também não há dúvidas. Se você está encarando sério esse desafio, essa luta, então seja sério do começo ao fim e nada de querer se preparar também para outros concursos paralelamente. Se aparecer algum concurso que você julgue ser mais atraente e/ou no qual você terá mais chances de aprovação, então se dedique totalmente ao tal e abandone de vez a luta pelo TRT-SP, mas não caia na armadilha de tentar abocanhar mais do que você pode mastigar ... o resultado poderá ser fatal e muito frustrante!




———«»———«»———«»———


Não deixe de visitar meu blog, o Concurseiro Solitário. Lá eu e outros concurseiros publicamos artigos sobre concursos públicos diariamente. Falamos sobre motivação, comentamos sobre matérias, concursos em andamento e muito mais. O endereço é:


11 comentários:

Professor Douglas disse...

Excepcionalmente, a Coluna do Concurseiro Solitário foi publicada hoje (quinta e não quarta, como de costume), razão pela qual me penitencio pelo ocorrido.

slots mobil disse...

what happened to the other one?

penny stock listing disse...

thats amazing story.

Anônimo disse...

Não concordo.Acho que dá pra estudar pra dois concursos ao mesmo tempo sim,basta que a materia seja parecida e ter organização.

Anônimo disse...

Cada um tem um ritmo de estudo, mas creio que misturar matérias seja muito ruim, é lógico que tem gente que consegue mas a grande maioria não consegue nem terminar uma apostila imagina duas, três, etc...
Enfim, quem quiser estudar para vários concursos dou meu apoio, assim quem sabe sobra mais vagas, rsrsrsrs...
Realmente a prova do TRT é uma das melhores oportunidades de entrar num ótimo cargo público, salário é muito bom, tanto técnico como analista, conheço pessoas que trabalham e ganham muito bem, mas não basta sonhar tem que correr atrás e estudar muito, no final sempre teremos um vencedor!

Raquel Solitária disse...

Charles, excelente artigo!
Era isso que te dizia há, mais ou menos, um ano atrás. "É a meta de uma seta no alvo", como diz uma música do Paulinho Moska.

Douglas, o artigo não foi publicado ontem, mas foi muito bom ler hoje. Valeu a pena!


Raquel - Concurseiro Solitário

Macado doido disse...

Acredito que isso vai de cada um mesmo, eu particularmente sou fiel ao concurso que escolho e me dedico 100% a ele, mesmo porque trabalho praticamente 11h por dia e não dá muito tempo pra estudar. As poucas 3h ou 4h que tenho é pouco para um concurso só. Ano passado abriu concurso para escrevente - Taubaté e TRF quase na mesma época e eu acabei me dedicando ao escrevente por que já tinha prestado em São Paulo e estava tudo na "mão". Consegui um bom resultado e acho que foi graças à opção que fiz, pois caso contrário tinha ido "mais ou menos" nos dois.

Camisa 9 disse...

Tranquilo o "atraso" professor. No Crisis.

Leitores americanos/ingleses? :O
LOL tá ficando mais super-mega famoso o blog e os posts do Charles...

Estudar pra 2 concursos é possível apenas pra quem já tem bagagem, porque daí irá aprender tudo de novo, só rever tudo de novo que é bem diferente, mas sem cometer os pecados do "Se já vi, pula".

Eu sou mais me dedicar pra um concurso qualquer que seja ele e pronto.

Rumo ao TRT-SP...

Não quero e nem posso ir pra Brasília então ST's estão fora de cogitação. Não gostaria de trabalhar com meio ambiente nem nome do cargo...nada contra quem gosta, gosto é gosto.
Quantos aos milhares de cargos...até eles aparecerem vai ser 2009, talvez. Só um palpite, então tirando minha preguiça. Nada me atrapalha!

Bons estudos!

Anônimo disse...

Prof.
estou procurando na net a nota de corte do último concurso TRT-SP, mas não estou encontrando. Será que vc tem a lista de classificados do último certame, para termos uma idéia.
Força nos estudos!!!

k. disse...

Concordo com o anônimo abaixo, acho que dá 2 concursos sim, depende da bagagem do concurseiro, de quais são os concursos e de como ele se organiza. Sabe, às vezes sinto que alguns profs e alguns artigos tipo William Douglas dão a entender que a batalha é difícil mas está aí ao alcance de todos, e tal... concordo, mas um ponto que quase ninguém toca é que há pessoas e pessoas, e não to falando só de sentar a bunda na cadeira e estudar, não, mas de bagagem pré-concurso. Tem gente que nunca teve hábito de ler, de estudar, foi um aluno "mais ou menos, mais pra menos" no Ensino Médio e faculdade, e resolve estudar pra concurso. Tudo bem, só que a realidade é que ele terá mais dificuldade, não tem como tapar o sol com a peneira, mesmo estudando sério. É a mesma coisa, estudar só pro TRT ou pra outros tb... tem que ter bom senso, se auto-avaliar, avaliar o contexto. O ano passado estudei pro TRF e pro TJ e passei nos dois, no TRF inclusive em muito boa colocação. Mas outros concurseiros que conheço não passaram em nenhum deles, alguns na estrada do concurso há mais tempo que eu...
Resumindo: acho que rola, MAS... não pra todo mundo, não pra todo tipo de concurso, cada caso é um caso.

Anônimo disse...

Prof, obrigada pela dica. Gostaria que voce explanasse tambem sobre fazer as duas provas analista e tecnico do TRT em um mesmo dia. Acha viavel?