sexta-feira, 21 de novembro de 2008

SOBRE A PROVA DO TRT by Simone Hartmann

A prova do TRT da 2ª região foi, sem dúvida alguma, a mais difícil já realizada pelos concursandos. O alto nível de dificuldade foi sentido por todos, desde os iniciantes até os mais experientes em concursos públicos.

Eu acredito que a organizadora tenha elaborado a prova desta forma devido ao grande número de inscritos, que cada vez estão mais preparados e atingindo notas altíssimas, dificultando a classificação final, com muitos empates.

Por outro lado, o nível foi demasiadamente elevado na prova de técnico, fugindo completamente dos padrões de uma prova de nível médio, que exige apenas segundo grau completo. Muitos candidatos foram surpreendidos por questões absurdas de informática e textos complexos de Português, perdendo muito tempo nessas disciplinas e acabando por se atrapalhar nas outras, como no meu caso. Já na prova de analista, a dificuldade maior foi também na parte de informática, que exigiu um conhecimento de quem é técnico ou especialista na área, e não de leigos.

O que é preocupante nisso tudo não é o fato de nossas notas serem mais baixas ou sermos reprovados, mas o sentimento de derrota e culpa que pude sentir em vários colegas com quem conversei. Muitos estão se sentindo incapazes, frustrados, arrependidos por ter estudado tanto tempo para “nada”.

Pessoal, cada um luta com as armas que tem, ninguém poderia imaginar que seria atacado por um exército inteiro, não é verdade? Talvez a batalha tenha sido perdida, mas a guerra não. Garanto que no TRT da 15ª região o contra-ataque será gigantesco.
Portanto, bola pra frente, sem baixo astral nem desânimo, pois não podemos nos esquecer que pensamentos positivos atraem apenas coisas positivas, e que cada dia é sempre um novo começo.

Abraço,

Simone Hartmann

11 comentários:

Anônimo disse...

Falou tudo,Si.Eu tava me sentindo assim mesmo!!Valeu pela força!
Tati.

Anônimo disse...

AI SIMONE,EU TAVA ME SENTINDO UM LIXO MESMO.MAS PELO VISTO NÃO FUI SÓ EU QUE FUI MAL,QUE ME DECEPCIONEI.VALEU PELA FORÇA A TODOS NÓS!BEIJO.
SIL

alexandre disse...

...é isso aí Simone, serve de estímulo pra não perder o ritmo de estudos e seguir rumo ao TRT_15, afinal, pra quem prestou seis concursos pra Escrevente_TJ pra ser aprovado em dois,não posso fugir do 3º TRT esse ano!Abraços.

Anônimo disse...

Simone,
Agradeço as belas e animadoras palavras. É isso aí, façamos da experiência algo positivo para enfrentar o TRT15. Aos estudos! Bjs pra vc e pro prof.
Valéria

Anônimo disse...

Si,eu fui atacado por todo o exercito do mundo...hahahahahaha.Vou tentar me recuperar pro da 15ª!!!!Obrigado pela força,lindaaaa!!!!
Paulo

BETTY@BOOP disse...

Valeu Simone! Você resumiu tudo que sentimos nesse momento. Força para o próximo! Desistir nunca. Continue conosco. Abraço.

Anônimo disse...

eu prestei para AJAJ. Saí me sentindo arrasado, o sentimento de derrota amargava a boca; e eu me preparei bem para a prova. Agora, é bola para frente e adiante TRT15ª. Concordo a Simone. Tirei essa semana de folga, nada de textos jurídicos (mas continuo lendo jornais e revistas).
Aos que pensam em continuar, dezembro será mais um mês de muita batalha!
Dudu/SP

Raquel Solitária disse...

Simone, é simplesmente muito bom ler suas palavras de incentivo, mesmo para aqueles (como eu) que não fizeram essa prova.


Sucesso para você nessa nova etapa!
Raquel Monteiro

Anônimo disse...

Valeu pelo incentivo e pelo apoio,Simone!Vc já foi nomeada,empossada,e poderia simplesmente esquecer da gente aqui e do blog do prof. como a maioria faz,mas não esqueceu,pelo contrário,cada vez dá mais força.Obrigada pelo carinho,Si.
Déia

gustavo disse...

puts grila, aquela prova do TRT estava de tirar o couro!!tomei uma surra que saí até desnorteado da UNINOVE. O segundo texto da prova de tecnico e a informatica da prova de analista estavam coisa de louco!

Anônimo disse...

Si,
Muito obrigado pela companhia no dia da prova do TRT.Eu saí um bagaço da prova,destruído,e na viagem,você ainda conseguiu arrancar boas risadas de mim.A gente não precisa de meses ou anos pra reconhecer alguém especial.
Valeu por tudo!
Com certeza, você fará falta aqui em São José.
Bj.