domingo, 19 de julho de 2009

TRT 15 - ANALISTA - 2009

Como foi a prova do TRT 15 - ANALISTA? Deixe seu comentário!

13 comentários:

Anônimo disse...

A prova de AJAJ estava mais trabalhosa do que a de AJEM, na qual matemática estava mais "decifrável". De Constitucional não caiu praticamente nd do básico (lembro de 1 de ação popular) - e sim SF, CD,competência privativa, exclusiva, MP. As provas estavam extensas, com muitas questões do tipo assertivas (I a IV) corretas. Não foram fáceis .Abraços. Valéria

Gustavo disse...

Bom, eu achei a prova de AJAJ bem complicada. Direito estava difícil, com as questões bem complexas. O portugues estava mais trabalhoso que a da prova de tecnico, demorei bem mais tempo para interpretar as questões. A redação foi tranquila e consegui fazer de boa. Matemática foi tudo no chute, não tive tempo para resolver.

Anônimo disse...

Realmente, AJAJ estava bem + difícil que AJEM...!
.
Português e Matemática deu pra levar numa boa; Direito também estava razoável, com exceção de Direito Processual do Trabalho que estava super complicado nas duas provas.

blog pl 3885 disse...

A parte de matemática estava mais fácil do para técnico e AJADM, mas como a prova de AJAJ estava muito difícil na parte de direito, não deu muito tempo para resolvê-los. A prova de AJEM tava um pouquinho mais leve que a de AJAJ, mas também tava difícil.
Agora é aguardar .....

Francine disse...

alguem por gentileza por me enviar a resolução da prova de matematica do trt 15 de tecnico e analista judiciario administrativo?
estou com muita dificuldade para resolver as questoes precisava de ajudar...
alguem se habilita?
obrigada

lady disse...

OLA, DESEJO BOA SORTE A TODOS!
POR GENTILEZA QUAL FOI O TEMA DA REDAÇÃO DE ANALISTA JUDICIARIO! CLESY!

Anônimo disse...

REDAÇÃO...:
.
AJAJ = LIBERDADE DE INFORMAÇÃO, UM DIREITO DE TODOS.
.
AJEM = A DEMOCRACIA PRESSUPÕE RESPEITO AOS DIREITOS INDIVIDUAIS, MAS COMO CONCILIÁ-LOS EM FACE DOS DIREITOS DA MAIORIA ?

Anônimo disse...

Tá chegando a hora...!

Anônimo disse...

Exemplo de cálculo da da NP (Nota Padronizada), para ter a discursiva corrigida.
.
Número de acertos em CG = 15
Média do Grupo = 10 (= 50% de 20 questões)
15 - 10 = 5
Desvio Padrão, por exemplo = 5
5 / 5 = 1
1 X 10 = 10
Nota de CG = 10 + 50 = 60 pontos
.
Número de acertos em CE = 25
Média do Grupo = 20 (=50% de 40 questões)
25 - 5 = 5
Desvio padrão, por exemplo = 5
5/5 = 1
1 x 10 = 10
10 + 50 = 60
60 X 2 (peso 2) = 120
Nota da Prova = NP (nota padronizada) = 60 + 120 = 180
.
Estimo que os que obtiveram 15 acertos em CG (75% de 20 questões) e 25 acertos de CE (62,5% de 40 questões) deverá ter sua prova corrigida, para AJAJ ou AJEM; sendo que para técnico o cálculo é igual, mas sendo necessários 15 acertos de CG + 20 de CE, ou seja, em torno de 75% da prova considerando-se o peso 2 para CE.

Anônimo disse...

Acertei 31 na prova AJEM. Será que fui bem?? Será que terei minha redação corrigida??

Angelo

Anônimo disse...

AGORA É LEI: PROJETOS QUE CRIAM CARGOS NA 15ª SÃO SANCIONADOS
.
Tribunal terá mais 19 desembargadores, e 1ª Instância será reforçada com 65 novos juízes
Estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU), 30 de julho, as leis em que foram convertidos os dois projetos que propunham a criação de cargos de magistrados e servidores para a Justiça do Trabalho da 15ª Região. As matérias foram enviadas à sanção presidencial em 9 de julho, após aprovação nas duas Casas do Congresso Nacional. O presidente Lula assinou a sanção em 29/07/09.
Os PLCs (a inicial C indica que se trata de projeto de lei iniciado na Câmara dos Deputados) 93 e 94 foram convertidos, respectivamente, nas Leis 12.000 e 12.001, de 2009. A primeira cria 65 cargos de juiz substituto, além de outros 65 de analista judiciário para o quadro de servidores do TRT da 15ª. A segunda amplia a composição do Tribunal de 36 para 55 desembargadores e cria ainda 68 cargos de analista judiciário e 135 de técnico judiciário. Com a ampliação, o TRT voltará a ter o cargo de vice-corregedor regional.
Na Câmara, a aprovação final pelo Plenário ocorreu em 14 de maio deste ano. Já no Senado, as propostas tramitaram em caráter terminativo. Aprovadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) em 24 de junho, depois de menos de um mês de tramitação na Casa, foram remetidas à sanção presidencial após o decurso do prazo de cinco dias úteis para recurso requerendo votação em Plenário.
O Regional é o primeiro do País em número de processos recebidos por magistrado. Segundo a pesquisa Justiça em Números, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o TRT recebeu no ano passado 2.353 casos novos para cada titular da Corte – índice 62% superior à média nacional. O excesso de trabalho do Regional não se restringiu a 2008. De acordo com o Tribunal Superior do Trabalho (TST), nos oito anos anteriores o TRT recebeu 465.673 processos, contra 398.248 e 379.159, respectivamente, no mesmo período, dos TRTs mineiro e gaúcho, cuja composição atual também é de 36 desembargadores, e 412.542 do Regional fluminense, composto por 54 magistrados.
.
(30/07); Fonte: Notícias - TRT-15

Anônimo disse...

FIZ A PROVA EM JULHO MAS NÃO CONSIGO TER ACESSO AS PROVAS. ALGUEM PODE ME AJUDAR?
GOSTARIA DE OBTER VISUALIZAÇÃO DAS PROVAS.

Anônimo disse...

Oie Tudo bem? Olha eu não entendi que meu caderno vai levar a prova em TRT MG fazer tecnico Administração? Ser caderno pode levou a prova, como assim? Sou surda!