domingo, 15 de novembro de 2009

CONCURSO CAMARA MUNICIPAL

Voce nao conseguiu chegar a tempo? Algum problema? Conte o que aconteceu...

21 comentários:

Anônimo disse...

Olá, consegui chegar a tempo, pois moro bem perto da escola aonde fiz a prova. Fui andando, já que o trânsito estava parado, fiquei sabendo que aconteceu uma confusão e chamaram polícia, Vanguarda, estão falando em cancelar o concursos por esse motivo, acredito que isso não irá acontecer... mas entre as diferenças dessa organizadora, está o fato de não poder levar caderno de questões e respostas, o que você acha disso Douglas? Para os que fizeram a prova, resta esperar... Uma boa sorte à todos!

Anônimo disse...

Olá professor, consegui chegar a tempo, mas no bloco H , não conseguimos fazer a prova, foi a maior confusão, os q chegaram atrasados, não deixaram a prova chegarem até os q estavam dentro do prédio, enfim não fizemos a prova, o q será q vai acontecer?

Anônimo disse...

Olá professor, consegui chegar a tempo, mas no bloco H , não conseguimos fazer a prova, foi a maior confusão, os q chegaram atrasados, não deixaram a prova chegarem até os q estavam dentro do prédio, enfim não fizemos a prova, o q será q vai acontecer?

Alexandre disse...

Ola. Boa tarde. Por favor alguem conseguiu copiar as respostas para que possamos trocar informações. Eu estava ao lado do bloco H e foi horrivel. Por favor se alguem copiou vamos trocar informaçòes. Valew w boa sorte a todos

Anônimo disse...

Olá Prof. Douglas como te disse pelo telefone no domingo, eu cheguei a tempo para a prova, mas no bloco I no Urbanova foi a maior confusão.Atrasou nossa entrada pois eles estavam pedindo o RG na porta do prédio um a um, então era 14:45 ainda tinha candidato entrando. A prova começou 15:17 e lá fora foi a maior confusão, me senti muito prejudicada pois o barulho era muito e depois eles invadiram o prédio e eu estava na sala do térreo e eles entraram na sala querendo impedir a prova, todos da sala ficaram espantados e com muito medo. Isso durou mais ou menos uns 40 minutos atrapalhou muito todos que entraram no horário certo. Quando terminei a prova fui falar com o coordenador Cyro que dizia que não sabia de nada e não podia fazer nada. Fui d a delegacia pois me senti lesada e lá tinha mais ou menos umas quarenta pessoas para fazer BO. O policial nos orientou ir na câmara entrar com recurso e depois fazer BO. Meu Deus nunca vi tanta falta de organização, nunca mais presto concurso dessa instituição FIP. O que será que vai acontecer?
Roberta.

Anônimo disse...

Olá Prof. Douglas como te disse pelo telefone no domingo, eu cheguei a tempo para a prova, mas no bloco I no Urbanova foi a maior confusão.Atrasou nossa entrada pois eles estavam pedindo o RG na porta do prédio um a um, então era 14:45 ainda tinha candidato entrando. A prova começou 15:17 e lá fora foi a maior confusão, me senti muito prejudicada pois o barulho era muito e depois eles invadiram o prédio e eu estava na sala do térreo e eles entraram na sala querendo impedir a prova, todos da sala ficaram espantados e com muito medo. Isso durou mais ou menos uns 40 minutos atrapalhou muito todos que entraram no horário certo. Quando terminei a prova fui falar com o coordenador Cyro que dizia que não sabia de nada e não podia fazer nada. Fui d a delegacia pois me senti lesada e lá tinha mais ou menos umas quarenta pessoas para fazer BO. O policial nos orientou ir na câmara entrar com recurso e depois fazer BO. Meu Deus nunca vi tanta falta de organização, nunca mais presto concurso dessa instituição FIP. O que será que vai acontecer? Roberta.

Anônimo disse...

Oi Professor...fui sua aluna no unicurso para o concurso da Câmara. Como sei que a Univap é de difícil acesso fui bem cedo. Cheguei meia hora antes de abrirem as portas. No meu prédio (I)teve problemas também. Fiz a prova no térreo e como muita gente não chegou a tempo ficaram batendo no vidro com garrafas de agua e gritando 'queremos fazer prova' quase meia hora. Depois uns três rapazes invadiram a minha sala gritando querendo que saíssemos, mas não aceitamos e fizemos a prova. Fiquei sabendo no ônibus que uma turma entrou no horário e não pode fazer a prova, pois os retardatários impediram o responsável de entrar com a prova no prédio. Chamaram a polícia, mas foi informado que todos da sala que foi impedida de fazer prova farão a prova em outro dia, ou seja, uma zona daquelas. E o fato de não poder trazer o gabarito para conferir quando sair o oficial daqui à 72 horas só põe em dúvida a lisura do processo.
O que fazer?
Abraço forte.

Tati disse...

Cheguei a tempo, mas como a minha prova foi no bloco I (lá na pqp rs) e estava a pé, se não tivesse pegado carona não chegaria nos 30 min.

Bosco disse...

Olá DOUGLAS.
A prova não foi difícíl, matemática como sempre foi barra, portugues sem novidade, atualidades sem novidade, agora L.O.M deu raiva, porque os caras não tiveram um pingo de imaginação para elaborar as perguntas, da proxima vez ensina eles como se monta um questionário para concurso.
Agora quanto a organizaçõa deixou muito a desejar, teve lugar que os portões foram fechados no horário, porém em outros, minha sala por exemplo, já era 15h e ainda tinha gente entrando na sala, uma verdadeira lastima.

Anônimo disse...

Olá Prof. Douglas como te disse pelo telefone no domingo, eu cheguei a tempo para a prova, mas no bloco I no Urbanova foi a maior confusão.Atrasou nossa entrada pois eles estavam pedindo o RG na porta do prédio um a um, então era 14:45 ainda tinha candidato entrando. A prova começou 15:17 e lá fora foi a maior confusão, me senti muito prejudicada pois o barulho era muito e depois eles invadiram o prédio e eu estava na sala do térreo e eles entraram na sala querendo impedir a prova, todos da sala ficaram espantados e com muito medo. Isso durou mais ou menos uns 40 minutos atrapalhou muito todos que entraram no horário certo. Quando terminei a prova fui falar com o coordenador Cyro que dizia que não sabia de nada e não podia fazer nada. Fui d a delegacia pois me senti lesada e lá tinha mais ou menos umas quarenta pessoas para fazer BO. O policial nos orientou ir na câmara entrar com recurso e depois fazer BO. Meu Deus nunca vi tanta falta de organização, nunca mais presto concurso dessa instituição FIP. O que será que vai acontecer?

João Bosco Caxias disse...

Olá Professor DOUGLAS.

Achei que já tinha visto má organização em concursos, mas hoje superou minhas expectativas, teve lugar que os portões fecharam no horário (14h30) em outros(minha sala por exemplo) já era 14h55, e ainda tinha gente entrando na sala, agora as perguntas não estavam dificéis, fora matemática que como sempre é osso duro de roer, e L.O.M que foi mais facíl do que empurrar bebum morro abaixo, será que vão cancelar as provas?

Um abraço de seu amigo João Bosco.

ja o que ajá viva o corinthians

Miriã disse...

Oi professor,não consegui entrar!
Fiquei uma hora no transito,que começa antes do shopping Colinas,pra chegar no URBANOVA!!!!
Quando cheguei,estava um tumulto...UM BARRACO!!!Tem uma galera,que falou q vai recorrer....NÃO SEI SE VAI ADIANTAR! =(

Miriã disse...

O Sr. acha que adianta recorrer????

O dono do blog disse...

Eu não fiz a prova pois estava no bloco I. Cheguei no horário na Univap, mas como este bloco é simplesmente separado dos demais, não consegui chegar lá em tempo hábil. Acho que a FIP - DESorganizadora de concursos - conseguiu fechar com chave de ouro seu certame no Vale e em qualquer outro lugar!

Anônimo disse...

Não consegui fazer a prova, 40 minutos no trânsito, nunca vi nada igual!!! Total falta de respeito, o correto é sim anular a prova e marcar outra data, distribuir melhor os horários, as turmas e td mais, ou prefiro parar por aqui.

Renata disse...

Olá professor, eu estava no bloco H e também não consegui fazer a prova embora eu estivesse dentro da sala, eram 17h20, horário em que fui embora, e as provas ainda não tinham chegado no bloco. Muitas pessoas lá de dentro começaram a telefonar para conhecidos e pedir as questões que foram dadas, foi o maior tumulto. Espero que a prova seja anulada.

Anônimo disse...

Oi professor.
Bom, a prova não teve maiores surpresas. Aconteceu tudo como previsto. Matemática o "Ó", Lei orgânica "Bico", português "mais ou menos", atualidades "bobeei", enfim... vamos pro próximo. Muita desorganização e desinformação (por parte dos fiscais). Não podíamos sair com o gabarito anotado e disseram, na minha sala, que podemos fazer um pedido na Câmara e nos será enviado uma cópia pelo correio. Enviei um e-mail para FIP e me foi dito que não será liberado o gabarito e sim o caderno de questões. OLHA O ABSURDO! Se por acaso eu marquei alguma questão errado no gabarito já era, não saberei ao certo que nota tirei de verdade.

Lamentável.

Abço.
Fabíola Teixeira

Anônimo disse...

Olá Professor!
Cheguei a tempo, pois fui bem mais cedo para a escola. Porém dentro da sala, depois da prova já ter sido distribuida, começou a confusão. Não queriam aceitar o fato de não poder levar um papel com as respostas para consultar o gabarito. Ocorreu confusão no início da prova, no meio da prova e ao final. No meu ponto de vista foi uma total falta de respeito! Fiscais e candidatos numa discussão inflamada sem deixar com que os outros que estivessem fazendo prova conseguisse se concentrar! Como minha primeira experiência em concursos, diria que fiquei bem chocada como que presenciei!

Anônimo disse...

Olá, Prof. eu consegui chegar a tempo no predio da Anhanguera, mas foi ridiculo a entrada, formou-se uma fila tripa de candidatos com o RG na mão. Eu perdi o meu e estava com todos os outros documentos em mãos, inclusive a documentação da 2ª via, ai os fiscais tinham me autorizado a fazer a prova, e eu ouvi uma gritaria do pessoal que não conseguiu entrar, foi então que a coordenadora do prédio grosseiramente pediu para eu me retirar do edifício. E não fiz a prova. Estou indignada com a empresa da prova.

Anônimo disse...

Olá Professor,

Nossa nunca vi tanta loucura, espero que anule esta prova.

Abraço.

Luiz Gustavo disse...

Olá, acredito que nem todos saibam, mas gostaria de relatar o fato similar ao da Univap que ocorreu na Anhanguera. Eu fiz prova no bloco novo dessa Universidade e lá também aconteceu uma confusão. Primeiro, o pessoal teve que fazer uma fila do lado de fora que saía da Anhanguera dando 3 voltas enormes até o posto de gasolina. A FIP perdeu o controle de quem havia chegado até as 14:30h. Por isso, um grupo entrou na Universidade, mas não conseguiu entrar para a sala. Aí começou a bagunça...eles ficaram gritando durante 20 minutos ininterruptos em frente ao prédio, dizendo que ninguém mais ia fazer a prova, chamando a polícia ou algum responsável. Nós, que já estávamos com a prova em mãos, não conseguíamos nos concentrar devido ao tamanho barulho. Acho que errei algumas questões por isso e esses minutos que poderiam ter sido usados para conferir a prova, acabaram sendo perdidos. Sinto-me também prejudicada, mas é claro que nem se compara ao que o pessoal sofreu na Univap.