segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Cantinho da Raquel!

"Como ser uma phoenix e se reerguer muitas vezes depois de uma queda?"



Essa é a pergunta que muitos concurseiros se fazem quando os revezes da vida acontecem. A gente estuda, estuda e estuda e ganha uma rasteira daquelas. Sentimos uma dor aguda na alma, sentimos o coração apertar, vontade de sumir e de quase desacreditar o mundo dos concursos.



Dá vontade de desistir, mas pensamos que é loucura largar todo o tempo de dedicação para o passado. Começamos a maquinar que temos algum problema ou que é só com a gente ou somos uns tremendos azarados.



Ficamos sem saber o que fazer. Parece que andamos em círculos. As coisas que nos animavam antes, agora não nos agita os espíritos. Ficamos mais exigentes. É fogo, meus amigos!



O mal é que queremos controlar tudo a nossa volta, até mesmo o momento em que seremos aprovados. A pergunta que devemos nos fazer é: será que estamos prontos? Afinal, não importa o tempo que tentamos ou o que presumimos ser o tempo necessário se não estivermos prontos para arrebentar em uma prova.



É verdade que essa espera pelo dia em que estaremos prontos para o sucesso acontecer em nossas vidas nos angustia. É real mesmo a necessidade de que esse momento chegue logo, pois as contas para pagar, a vida não esperam por nós. A vida caminha e nós nos sentimos parados no ponto.



Se bem que não estamos estáticos, pois estamos aprendendo toneladas de novos conhecimentos diariamente. Isso é uma falsa sensação de falta de movimento. Por isso, numa visão otimista que precisa ser buscada a todo momento, devemos pensar que todo dia estamos andando um pouco nessa estrada rumo ao sucesso.



Por essa razão, se você estiver se sentindo assim mesmo, reflita sobre o que estou falando. Continue estudando. Seu sucesso nos concursos há de chegar. Parece inacreditável, mas ele há de acontecer. Tenha fé e força!



Até a próxima, concurseiros!



Raquel Monteiro

7 comentários:

Fábio Schlickmann disse...

Muito bom o post e o blog todo, parabéns!

Um abraço
Fábio Schlickmann
http://prestandoprova.blogspot.com/

Anônimo disse...

Belíssimo texto, Raquel!
Os verdadeiros concurseiros nunca desistem, isso é fato...
São guerreiros, e merecem todo o respeito e admiração.
Grande Abraço,
Simone Hartmann

paty disse...

Raquel, obrigada pelas palavras... Parece que você descreveu a minha ALMA. Até já disse que vou tatuar uma phoenix quando for aprovada, pois depois de ter ficado muito desiludida, consegui me reerguer e ter novamente esperança... E um dia eu vou conseguir!!! Um abraço a vc e ao professor Douglas.

Kátia Ito disse...

Raquel, obrigada por suas palavras de incentivo e encorajamento.
Na Bíblia diz que há tempo para todas as coisas e eu acredito nisso.
Esse tempo de "espera" é para sermos moldados e preparados para o que está por vir, que com certeza será maravilhoso...
Deus abençoe a todos nós nessa semana que se inicia...
Abraços da concurseira Kátia.

Anônimo disse...

minhas fases de concurseira: 1- empolgação, 2-dedicação, 3-reprovação, 4-reestruturação, 5-aprovação, 6- animação, 7- reflexão, 8-preocupação, 9-superação, 10--e o ganha pão????rs
bjs, farelli

Raquel Solitária disse...

Leitores, fico feliz demais por inspirar-lhes! Que ressurjamos das cinzas tantas vezes quantas sejam necessárias para alcançarmos o nosso sucesso.

Douglas, obrigada por me dar um cantinho no seu blog. Um grande abraço!

Raquel Monteiro

Camisa 9 disse...

A Rachel é demais com as palavras...dá um ânimo ler coisas boas e compartilhá-las, viu!

Tks