segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A temida prova de digitação


Olá, meus amigos!

Para os que não me conhecem, sou Oficial de Promotoria em Ubatuba desde dezembro de 2008. Conheço o professor Douglas desde 2005 e mais uma vez vou dizer que ele me ajudou muito na batalha dos concursos públicos. Mas... vamos ao que interessa.

Quando fui aprovada para a segunda fase do concurso do MP, uma mistura de emoções tomou conta de mim. Estava feliz e ao mesmo tempo em pânico. Milhões de perguntas enchiam minha cabeça...

“E se eu não conseguir terminar o texto? E se eu cometer erros demais? E se eu travar na hora e não conseguir digitar nada? E se...”

Pois é. Estas perguntas devem estar rodeando vocês. Mas garanto que não há motivo para tanto. É só seguir alguns passos básicos. Vamos lá.

O primeiro e mais importante é reler o edital, na parte da digitação. Você verá que a prova terá duas partes, uma para a formatação e outra para a digitação.

Quando fiz a prova, a prova de formatação foi a primeira. Você terá 5 minutos para formatar um texto previamente digitado. Por exemplo, você terá que colocar uma palavra em negrito, mudar a fonte de outra, etc. São coisas simples, mas é importante treinar em casa para ficar mais tranqüilo na hora. Essa parte da prova valerá 20 pontos. Dá tempo de sobra, é só manter a calma.

Já a prova de digitação exige um pouco mais. Serão 1750 caracteres a serem digitados em 11 minutos. Você receberá um texto e terá que digitá-lo simplesmente. Sem parágrafos, sem teclar ENTER, sem TAB, apenas digitá-lo (assim foi no último concurso). Essa parte valerá 80 pontos.

A grande diferença da digitação do MP com a do TJ é que a primeira é de caráter classificatório, além de eliminatório, ou seja, a nota será somada com a da prova objetiva e dividida por 2, então, não basta apenas acertar 50% da digitação...

Muitas pessoas poderão te ensinar técnicas para aprender a digitar, mas, haja vista a proximidade da prova, o melhor a fazer é não seguir regras, e sim digitar da forma que lhe proporcione o resultado melhor. O que eu quis dizer é que vale digitar com uma mão só, com dois dedos, olhando para o teclado, sem olhar, batendo os pés no chão pra tirar o stress (eu fiz isso...rsrsrs), enfim, DO SEU JEITO.

Outra coisa que julgo ser importante é levar uma régua para colocar bem abaixo da linha do texto que você está digitando, assim você não corre o risco de repetir ou pular uma linha. Algumas pessoas não gostam, mas eu, particularmente, fui aprovada em várias provas de digitação utilizando esta técnica.

O último toque e também importantíssimo é MANTER A CALMA. Se você sentir que está muito tenso, pare uns 10 segundos, respire, concentre e continue. Vale tudo, ok?

Espero ter ajudado.

Grande abraço a todos!

BOA PROVA!

Simone Hartmann

11 comentários:

Roni disse...

Opaaa, ajudou sim! Obrigado!

studium disse...

Simone Hartmann, você deve ter conhecido meu irmão, Fernando, ele foi Oficial de Promotoria aí em Ubatuba, Agora está como Técnico do TRT/SP ;)

Déia B. disse...

Muito legal o seu texto, Simone!
É de muita ajuda, pode estar certa!
Esperamos que a prova seja assim, novamente! A menos que essa organizadora estranha nos apronte outra!
Do contrário, pelo que você disse, não será um bicho de sete cabeças!

Obrigada!
Um abração!

Déia B.

Talitovsk disse...

Oi Simone, muito obrigada pelas dicas!

Só tenho uma dúvida: Sobre não colocar parágrafos, dar enter e tab..

O edital diz o seguinte: "A prova será avaliada quanto à produção e aos erros. Os erros de digitação serão observados
caractere a caractere, comparando-se com o texto original, considerando-se erro de digitação,
toda e qualquer divergência com o texto original."

Sendo assim, mesmo que no texto a ser digitado tenha parágrafos e espaçamentos não precisa fazer igual?

Obrigada mais uma vez.

Anônimo disse...

Olá!! eu gostaria de saber se é contado como erro quando a gente escreve errado e deleta para corrigir, ou se só são contados os erros no texto finalizado. Também gostaria de saber se terá a tecla c cedilha nesse teclado! hehe
No mais, muito obrigada pelas dicas! estão ajudando muito!!!

Anônimo disse...

Studium,
Conheci seu irmão sim! Gente finíssima!
Beijocas,
Si

Anônimo disse...

Vamos às dúvidas...
Se você errar, pode voltar e arrumar sim.
O texto não terá párágrafos. Pelo menos nunca teve nas provas anteriores, então, não se preocupe com isso, ok?
Abs.
Simone

Anônimo disse...

Olá Dra. Si!
Muito falar contigo depois de tanto tempo! Sou o MHZ do forum pci tópico "escrevente" de Caraguatatuba de 2008. Continuo com minha empreitada para ir para o litoral norte, mas está complicado! Sou o próximo da lista de escrevente em Caraguá há 1 ano, e tudo parou. O azar!Rsrsrs! Passei na prova de OP e gostaria de saber como é o critério para escolha das cidades onde temos interesse. Gostaria muito de ir para Caraguá ou Ubatuba. Desde já, fico muitíssimo agradecido pela sua atenção! Ah! sou seu fã! A melhor concurseira que já vi!Rsrsrs!

Anônimo disse...

Ops! Faltou uma palavrinha!Rsrsrs! Quis dizer:
"Olá Dra. Si!
Muito bom falar contigo depois de tanto tempo!"
MHZ

Anônimo disse...

Si, parabéns pela explicação e pela conquista. Mas temos mais uma dúvida. Caso terminamos o texto em 8 minutos, será possível retornar e corrigir os erros antes que o tempo se acabe ? Ou seja, os erros não são computados automaticamente ? O teste será feito no Word ou num programa específico ?

Nando disse...

Simone, duvida recorrente. A prova de formatação é com mouse ou sem mouse?? Por favor, tem muita gente dizendo que é sem mouse!!!! Confere???