terça-feira, 1 de outubro de 2013

O que falta para você começar a estudar? (Parte II)

TRT 15: Edital pode sair nos próximos dias 

Por - 25/09/2013 13:33:19 
 
O edital do concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15), com sede em Campinas, deve ser publicado nas próximas semanas. A informação foi confirmada pelo presidente do órgão, Flávio Allegretti de Campos Cooper, no último dia 16, durante a 7ª Outorga da Comenda da Ordem do Mérito Judiciário do Trabalho, realizada na sede do TRT da 2 ª região, na capital paulista.  Atualmente, o órgão trabalha no cronograma da nova seleção, que preencherá vagas de técnico e analista judiciário. Fontes ligadas ao TRT-15 alertaram, inclusive, para a possibilidade de o documento ser publicado até o final do mês de setembro. A validade do concurso passado, realizado em 2009, no entanto, só expira no dia 18 de outubro.
 
O total de oportunidades a serem ofertadas ainda será definido. Segundo o levantamento funcional do órgão, havia em de 31 de agosto de 2012, 33 cargos vagos de analista e 16 de técnico no TRT-15. No entanto, Allegretti afirmou que a carência atualmente é maior. “Está tramitando no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) um projeto criando 981 cargos de servidores, que é a nossa carência, e esperamos que esse projeto seja bem acolhido pelo CNJ. Também temos um projeto que cria de 84 cargos para tecnologia da informação já no Senado e esperamos que ele se transforme em lei rapidamente”, destacou. “Além disso, há um volume muito grande de aposentadorias diárias”, acrescentou.
 
O último concurso ofereceu 11 vagas, além de cadastro reserva. Porém, mesmo com o baixo número de oportunidades imediatas, já foram convocados, de acordo com um levantamento do órgão, até o dia 6 de agosto, 1.667 candidatos aprovados, sendo 1.052 técnicos da área administrativa, 506 analistas da área judiciária e 109 analistas da área administrativa. “Acredito que teremos muitas vagas, talvez não imediatas, mas ao longo do concurso”, frisou o presidente. De acordo com Allegretti, a intenção é convocar os aprovados a partir de 2014. “Convocaremos o mais rápido possível. Estou com pressa”, finalizou. O município de Campinas fica a 94 quilômetros da capital paulista. É importante lembrar que após três anos, o servidor pode solicitar remoção para o TRT-2 ou TRF-3, direito garantido pela Lei 8.112/90.

Folha Dirigida: 24/09/13

3 comentários:

Danicat disse...

Professor a sede é em Campinas mas posso ser lotada em outra cidade? grata

Danicat disse...

Professor a sede do tribunal fica na cidade de Campinas mas posso ser lotada em outras cidades? grata

Andre Castro disse...

vistem este blog http://colinasdoiran.blogspot.com.br/